19 de jul de 2011

A efemeridade da vida

Canso menos, me divirto mais, 
e não perco a fé por constatar o óbvio: 
tudo é provisório, inclusive nós.

(Martha Medeiros)

Nenhum comentário:

Postar um comentário