28 de abr de 2013

21 de abr de 2013

Rio de Vida


Para o seu abraço


"Não existe medo que seja maior que um sentimento. 
Não existe timidez que seja mais forte que uma declaração de amor. 
Não existe distância que deixe uma relação morrer se as duas pessoas querem ficar coladinhas. 
Não existe estou-dividido-entre-ela-e-você. 
Quem gosta pode se perder, 
mas sempre vai saber pra onde quer voltar."

(Clarissa Corrêa)

18 de abr de 2013

Inteira


"Eu descobri que tentar não ser ingênua é a nossa maior ingenuidade, 
eu descobri que ser inteira não me dá medo 
porque ser inteira 
já é ser muito corajosa"


(Tati Bernardi)

Uma infinidade =)



17 de abr de 2013

Não se perca


"Nem sempre a minha boca consegue dizer para você o que quero, 
ainda bem que tenho dedos. 
Se o gênio da lâmpada aparecesse pra mim 
e dissesse que só posso fazer um pedido pra minha vida, 
presta atenção, seria esse: 
nunca me perder de você
Porque nem sempre eu sei pra onde ir, 
mas sempre, sempre mesmo 
sei pra onde eu quero voltar."

(Clarissa Corrêa)

14 de abr de 2013

Essa pessoa chamada "Vida"


Aprendi a sorrir mais, perseverar, conquistar, desapegar quando preciso, ver o lado positivo em todas as situações, ter mais fé em Deus, ter mais fé em mim, amar inteiramente, perdoar...
Fácil? Nem um pouco. Nem sempre (ou quase nunca) ponho em prática, mas tenho tentado. Eu não desisto de melhorar comigo mesma e com quem está a minha volta. Digo que aprendi, pois tenho ótimos professores que todos os dias me mostram o melhor que posso ser, e a vida é um deles. 
Às vezes dói, me perco, tenho medo e isso aparece quando estou segura no meu mundinho. Ando nesses dias, pensando, retomando planos e metas, reavaliando posições...
Para o meu momento, para tudo que vivi, experimentei e aprendi até hoje...
Um drinque à vida e à sua maneira de nos sacudir e nos mostrar que estamos vivos!!


9 de abr de 2013

Em agradecimento


Estive pensando nas últimas mudanças que têm acontecido em minha vida e percebi que elas não teriam sido tão marcantes se eu não tivesse me preparado para recebê-las, mesmo sem saber quais seriam. Foram meses fechada em mim mesma, no meu quartinho escuro que tenho dentro da alma, olhando minhas prateleiras de sentimentos, tanto bons quanto ruins, sentimentos meus e os esquecidos de outras pessoas, que me acrescentaram muito até aqui. 
Fiz uma limpeza, organizei, reconheci o que não servia mais, ainda assim, muito eu não conseguia desapegar, mesmo pedindo pra Deus me ajudar. No entanto, nunca desisti de tentar melhorar o que já estava ultrapassado em mim, mesmo que a montanha russa de emoções insistisse em me pegar. 
Nos últimos dois meses, tudo foi se ajeitando aos poucos e ao mesmo tempo, rápido demais, tanto que se paro pra pensar nem sei como foi que aconteceu, mas aconteceu...
Minha satisfação hoje é ver como Deus foi maravilhoso comigo me ajudando nesse processo de mudança e nessa reviravolta que de repente me pegou. Já postei aqui, que podemos ser a cada dia melhores para nós mesmos e para quem convive conosco, e isso não acontece de um dia para o outro, é uma luta diária, que começa com o nosso auto-conhecimento. 
Muito mudou nos últimos meses e a satisfação da felicidade tem sido algo constante. Sim, tenho motivos evidentes para isso, mas muitos outros não evidentes que sempre me fez não desistir de lutar, como a presença de Deus em minha vida, por exemplo. 
Esse post é para que eu, principalmente,me lembre que tudo é passageiro na vida, principalmente as dificuldades e que nelas, é necessário se preparar e vivê-las para que possamos ver sua transformação e agradecer a Deus pelas vitórias que Ele tem nos dado.