22 de mai de 2013

Das renovações de cada dia...


"Apesar dos medos, convém não ser demais fútil nem demais acomodada. 
Algumas vezes é preciso pegar o touro pelos chifres, 
mergulhar para depois ver o que acontece: 
porque a vida não tem de ser sorvida como uma taça que se esvazia, 
mas como o jarro que se renova a cada gole bebido."


(Lya Luft)

Nenhum comentário:

Postar um comentário