15 de set de 2011

O que seus olhos não podem ver...

Não me subestime...
Às vezes me faço de cego para enxergar mais longe.

Cazuza

Nenhum comentário:

Postar um comentário